História

A “Marques Limitada”, sociedade comercial por quotas de responsabilidade limitada, com sede em Ponta Delgada, foi constituída pelo Eng.º Primitivo Marques e D. Maria Manuela da Costa Gomes Marques, em 9 de Julho do ano de 1979. 

Sob o lema “Desejo de Vencer” e com um logótipo que ainda hoje se mantém a Marques inicia um percurso de sucesso já com mais de 30 anos.

De 1979 a 1992 a Marques desenvolve a sua actividade circunscrita aos Açores, construindo e remodelando edifícios públicos e privados. A construção da escola Primária da Lomba de São Pedro, concelho da Ribeira Grande, foi a primeira obra pública da empresa. A empreitada da construção do Hospital de Ponta Delgada foi a primeira grande obra da Marques, em consórcio.

Em 1993, começa uma nova etapa na actuação ao nível geográfico: a primeira experiência de internacionalização da Marques. A empresa, durante 2 anos, constrói edifícios na Republica Federal Alemã, na zona de Freisinger.

Em 2002 com a reestruturação do Grupo, a Marques, Lda., passa a Sociedade Anónima, a firma é alterada para Marques, SA e o logótipo foi alvo de um restyling.

Em 2006 a empresa decide apostar fortemente na melhoria da capacidade de gestão em geral e da gestão de obras em particular. A materialização desta decisão, que envolveu um considerável esforço de investimento, ocorre em 2007 e 2008, com a implementação do Sistema de Gestão da Qualidade e Segurança e Saúde, abrangendo a metodologia de gestão de obras, PCIA - Planeamento, Controlo, Indicadores e Acção.

Este processo de mudança culmina em Dezembro de 2008, com a obtenção da certificação do SGQS, segundo os referenciais NP EN ISO 9001:2008 e OHSAS 18001:2007.

As questões ambientais têm vindo a ocupar uma posição cada vez mais relevante na nossa sociedade, com reflexo nas actividades que desempenhamos. Para melhor se preparar para assumir as suas responsabilidades sociais nesta matéria, para responder às exigências crescentes dos clientes mais esclarecidos e ainda para garantir o cumprimento dos requisitos legais e regulamentares aplicáveis, em 2010 a Marques inicia a implementação do Sistema de Gestão Ambiental segundo o referencial NP EN ISO 14001:2004.

O principal mercado da Marques continua os Açores, mas em 2009 foi decidido procurar selectivamente oportunidades no Continente. Em resultado dessa decisão a Marques já realizou no Continente obras para a Parque Escolar, EP, Estradas de Portugal, EP e Águas do Zêzere e do Côa. Em 2010 o volume de negócios no Continente foi superior a 10% do volume de negócios da Marques.

Em 2011 foi obtida a renovação da certificação externa nas vertentes Qualidade e Segurança e Saúde e a concessão da certificação externa para o Ambiente. Assim o Sistema de Gestão Integrado (Qualidade, Segurança e Saúde e Ambiente) da Marques encontra-se certificado segundo os referenciais NP EN ISO 9001:2008, NP 4397:2008 / OHSAS 18001:2007 e NP EN ISO 14001:2004.

A Marques é detentora do Alvará de Construção Nº 1747, emitido pelo InCI- Instituto da Construção e do Imobiliário, com classe máxima (9) em várias Sub-Categorias da 1ª Categoria – Edifícios e Património Construído e 2ª Categoria – Vias de Comunicação, Obras de Urbanização e Outras Infraestruturas.